Todo mundo sabe da importância que as habilidades profissionais têm para estabelecer uma ocupação sólida. O conhecimento especializado contribui para que as pessoas possam se destacar em ambientes profissionais e, a longo prazo, permite que elas alavanquem suas carreiras.

Entretanto, quando falamos de habilidades, estamos falando de diferentes tipos. Hard Skills (que podem ser traduzidas para algo como habilidades técnicas), por exemplo, falam de aprendizados que tiramos de livros e cursos. Soft Skills, por outro lado, têm relação com algo mais comportamental e que impacta diretamente relações interpessoais. 

Mas hoje, vamos falar especificamente sobre Meta-Skills e como elas podem alavancar sua carreira e te colocar em uma posição de sucesso.

O que são essas Meta-Skills?

Elas são a base para desenvolver e cultivar outras habilidades. Por exemplo, falar em inglês é considerado uma skill específica que pode ser aprendida por meio de cursos, livros ou autodidatismo. No entanto, a capacidade de aprender por meio desses cursos, livros ou até mesmo por conta própria dependem das Meta-Skills.

Basicamente, essas habilidades permitem que você aprenda mais facilmente as coisas. São elas que abrem portas para que Soft Skills e Hard Skills sejam armazenadas pelo seu cérebro. Dito isso, separamos uma lista das Meta Skills mais importantes para sua vida profissional e algumas dicas para acompanhá-las. Confira abaixo:

1. Tomada de decisão

Em empresas, é importante ser uma pessoa que sabe escolher e tomar decisões. Por isso, dê um passo para trás quando as opções forem muito complicadas e tente identificar possíveis emoções que estão entrando no caminho da sua escolha. Entenda as consequências a curto e longo prazo, e decida de acordo com tudo isso.

2. Saiba priorizar

Em qualquer tipo de trabalho, é importante definir prioridades. É impossível fazer de tudo um pouco — pelo menos com qualidade —, então saber priorizar tarefas é essencial. Portanto, crie listas do que precisa fazer e rankeie por urgência (real) e importância. Durante o processo, entenda que delegar e pedir ajuda fazem parte de um bom trabalho.

3. Inteligência emocional

Quanto mais você entender sobre si, mais eficiente será no trabalho e nas coisas que se dedicar a aprender. Seja uma pessoa curiosa sobre como sua mente funciona e preste atenção em como as coisas fazem você se sentir. Quando entende o efeito de determinadas situações, você consegue antecipar e evitar certas reações.

4. Criatividade

Isso é essencial para que sua mente saia da zona de conforto e você possa tentar novas coisas profissionalmente. Experimente novas rotinas e tente soluções diferentes para velhos problemas. E não se acomode dentro de antigas ideias e conceitos. É importante sempre continuar se impulsionando para novos caminhos (perdoe-me o jogo de palavras).

5. Motivação

As pessoas costumam se acomodar quando atingem um objetivo pré-definido e é por isso que é necessário ter alguma coisa te motivando. Então busque sempre novas metas profissionais, tente (mas não se obrigue) todos os dias, fazer algo novo e identifique aquilo que te inspira, sempre que encontra um obstáculo. Esta é uma das únicas formas de não cair na inércia da rotina.

Assim, todas essas Meta-Skills têm um objetivo, facilitar seu aprendizado e seu crescimento profissional. E vale lembrar: elas servem não apenas para carreiras, mas também para qualquer curso que esteja fazendo ou algo que envolva simplesmente o ato de aprender e evoluir.

Por fim, é importante pontuar que existem várias outras habilidades, que podem ser implementadas na sua vida pessoal e profissional. Inclusive, aproveite para ler sobre Cross-Skills no nosso Blog e como podem te ajudar no dia a dia do trabalho. Não esqueça de compartilhar este texto com colegas e acompanhar a Impulso!